A Paraíba o tempo todo  |

Mulher é presa suspeita de aborto criminoso, no Sertão da Paraíba

 Uma mulher, cujo nome não foi divulgado, foi encaminhada para uma Cadeia Feminina, no Sertão da Paraíba, ainda ontem, quinta-feira (11), suspeita de praticar um aborto criminoso, em um matagal, localizado na zona rural do município São José de Piranhas.

Segundo informações do site Radar Sertanejo, a vítima deu entrada no Hospital, ainda na noite da última quarta-feira (10), com fortes dores e com sinais de que tinha passado por um parto.

Mas como não havia informações sobre o paradeiro do feto, a polícia foi acionada. A delegada Ana Valdenice, de Cajazeiras, esteve na maternidade. Lá a mulher relatou que não sabia que estava grávida. Ela dissed na tarde dessa quarta-feira teria passado mal, foi até uma mata fechada no sítio Mulungu onde teria acontecido o possível aborto.

O mais estarrecedor foi que o feto foi abandonado pela mulher e teria sido comido pelos cachorros. Caso comprove que a mulher teve a intenção de abortar, ela deverá responder pelo crime de homicídio.



PB Agora

    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe