Um motorista de transporte por aplicativo e um passageiro foram vítimas de um sequestro relâmpago por volta das 23h desta terça-feira (10), em Campina Grande, no Agreste paraibano. Eles tiveram as mãos amarradas e foram colocados dentro do porta-malas do veículo. O sequestro durou cerca de cinco horas.

De acordo com relato do motorista à polícia, ele estava indo atender a uma solicitação de viagem no bairro das Malvinas juntamente com um passageiro e, assim que chegaram ao local indicado, foram abordados por um grupo de quatro homens armados.

O grupo obrigou o motorista e o passageiro a tirarem as camisas e com elas amarraram as mãos das vítimas. Logo depois eles foram colocados dentro do porta-malas do veículo. Os suspeitos entraram no carro e os levaram como reféns.

Ao chegaram na Zona Rural de Lagoa Seca, o grupo parou o carro, roubou todos os pertences e deixaram as vítimas em uma estrada de terra. Na fuga os suspeitos bateram o veículo e o abandonaram no bairro do Jeremias.

Antes mesmo das vítimas registrarem o boletim de ocorrência na Central de Polícia Civil de Campina Grande o carro já havia sido encontrado. Até o início da manhã desta quarta-feira (11), ninguém foi preso. A polícia segue investigando o caso.

Redação com G1

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Dupla é presa suspeita de tráfico de drogas, em bar da orla de JP

Na manhã desta sexta-feira (20), uma dupla foi presa em um bar na orla de João Pessoa suspeita de tráfico de drogas. De acordo com as informações policiais além da…

Adolescente atira acidentalmente na cabeça de irmão com arma do pai, no Sertão

Uma fatalidade. Um adolescente atirou acidentalmente na cabeça de irmão com arma do pai, no Sertão da Paraíba. O fato aconteceu na  noite desta quinta-feira (19), em Catolé do Rocha,…