O motorista de transporte alternativo Antonio da Silva Farias, 31 anos, foi assassinato a tiros, por volta das 8h de terça-feira (24), no município de Mamanguape.

Segundo a polícia, Antonio Farias chegou para trabalhar no ponto de táxi às margens da BR-101 e, ao parar embaixo de um viaduto, estacionou o carro e ficou conversando com outro motorista. Foi então, conforme a polícia, que dois homens, em uma moto, se aproximaram por trás e dispararam contra ele.

A polícia informou que, depois que Antonio Farias caiu, os criminosos atiraram mais duas vezes na cabeça dele e fugiram. No ponto de táxi, na manhã desta quarta-feira (25), nenhum dos colegas de Antonio quis comentar o crime.

Para a família do motorista o homicídio foi uma surpresa. De acordo com a mãe da vítima, Rita de Cássia Silva, ele não tinha inimigos. Porém, segundo o capitão Barros, comandante da 19ª Companhia de Polícia Militar, Antonio era suspeito de envolvimento com vários atos criminosos, e que a morte dele foi provavelmente um acerto de contas.

PB Agora
 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

JP: polícia garante segurança de mais de 500 mil foliões nas prévias

Nos primeiros quatro dias de prévias carnavalescas de João Pessoa, a Polícia Militar atuou na segurança de pelo menos 21 eventos já realizados e garantiu a tranquilidade de mais de…

Taxista é esfaqueado durante tentativa de assalto, em João Pessoa

Na manhã desta segunda-feira (17), um taxista de 71 anos foi ferido a faca durante uma tentativa de assalto, no bairro do Varadouro, em João Pessoa. O suspeito se passou…