O dono de espetinho que havia sido esfaqueado em Campina Grande na madrugada deste sábado (14) morreu no Hospital de Trauma

Joselho Emmanoel Fernandes de Oliveira, dono de um conhecido espetinho no bairro das Malvinas em Campina Grande. Ele estava internado desde a madrugada desta sexta-feira (13) após ter sido esfaqueado na região abdominal.
De acordo com informações da assessoria de imprensa do Hospital de Trauma de Campina Grande, Joselho estava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). O acusado foi preso ainda no local do crime e encaminhado até a Central de Polícia de Campina Grande.

De acordo com informações de testemunhas, o suspeito foi até o espetinho de Joselho e iniciou uma confusão porque queria ter acesso às imagens das câmeras de segurança instaladas no local. Ele alegava que o sistema de câmeras de segurança havia flagrado uma batida de carros e queria saber quem danificou seu veículo.
O dono do espetinho teria explicado que não tinha como ceder as imagens porque a transmissão acontecia em tempo real e não deixava nada gravado. O suspeito saiu do local e voltou pouco depois armado e praticou o crime.

Redação

Total
1
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Homem é preso no Sertão ao usar residência para a venda de drogas

Um homem acusado de tráfico de drogas foi preso nessa sexta-feira (18) pela Polícia Civil. O preso, mais conhecido como “Preá”, foi localizado por equipes da Delegacia Seccional de Itaporanga.…

Polícia prende suspeita de integrar quadrilha que atuava no tráfico de drogas

A Polícia Militar prendeu, na madrugada deste sábado (19), a terceira integrante da quadrilha que atuava em um esquema do tráfico que abastecia pontos de venda de drogas na Paraíba…