A Paraíba o tempo todo  |

Mantida prisão de suspeitos de articular fuga no presídio PB1

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

Cinco suspeitos de envolvimento  no ataque à Penitenciária de Segurança Máxima Romeu Gonçalves Abrantes – PB1, em Jacarapé, em João Pessoa tiveram a prisão mantida, por decisão doTribunal de Justiça da Paraíba, durante audiência de custódia realizada nesta quarta-feira (12), no Fórum Criminal da Capital.

A decisão foi tomada pelo juiz Adilson Fabrício.

Segundo a justiça. ficarão detidos no PB 1: Mastroiane Leonel Santos, Severino Manoel da Silva Neto, Michel Silva Lisboa, José Jorge de Sousa Neto e Karlos Emanuel dos Santos Marques.

ENTENDA

 O grupo foi detido em um flat na orla de Manaíra. Segundo a PM, na casa onde eles estavam havia veículos e seis fuzis, que teriam sido utilizados na ação criminosa contra o presídio. Todo o material encontrado foi apreendido.

No dia da prisão, cinco mulheres também estavam no flat e foram conduzidas, junto com os suspeitos, para a sede da Secretaria de Segurança Pública.

Os dez seriam integrantes de uma quadrilha natural de Campina Grande, no Agreste do estado.

 

 

Redação

 


Veja como adquirir a certificação digital para pessoa física sem burocracia

 

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe