A Paraíba o tempo todo  |

“Lutar para achar quem fez isso”, diz filha de Expedito Pereira

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

Vitória Pereira, filha de Expedito Pereira, ex-prefeito de Bayeux que foi morto na manhã desta quarta-feira (09), disse que irá buscar justiça pela morte do pai e ressaltou que quer achar o autor do assassinato e tentar entender o que acontecer

“Acho que é o dever de todos nós, meu especialmente como filha, lutar pra achar quem fez isso. Isso não pode acontecer. Assassinar uma pessoa a luz do dia”, pontuou Vitória.

Ela ainda fez um desabafo com relação aos que, por terem divergências com o pai, concordam com o assassinato e disse que essas pessoas, certamente caso concordem com a brutalidade do fato, são cúmplices.

“Você pode até não gostar dele ou de suas opiniões políticas, mas você não pode concordar com o que aconteceu aqui e, se você concordar, é tão cumplice quanto” desabafou.

A delegada Vardeleia Gadí, da Delegacia de Homicídios, relatou à imprensa que Expedito Pereira recebeu uma ligação telefônica, e minutos depois saiu de casa. O telefone dele e a carteira com documentos foram apreendidos nas mãos de terceiros, no local, possivelmente com pessoas que encontraram o corpo.

 

 

Redação

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe