Dados da Secretaria de Segurança e Defesa Social (Seds) revelam que no primeiro semestre de 2019, 32 mulheres foram assassinadas, em toda Paraíba. O número representa 53% dos assassinatos de mulheres. O índice já é maior do que o mesmo período do ano de 2018, quando 48 mulheres foram assassinadas e 22 casos foram tratados como feminicídios, representando 44% do total.

Ainda segundo os dados, o mês de abril foi o mais violento, já que o número de feminicídios aumentou 50% em relação à soma dos casos do primeiro trimestre de 2019. Das nove mortes de mulheres no mês de abril, seis começaram a ser investigadas como feminicídio. O número é maior do que o que foi registrado nos três primeiros meses do ano somados (4 feminicídios). Em maio, o número de feminicídios também foi alto, embora a proporção tenha sido menor.

Os casos de mortes de mulheres que estão sendo investigados como feminicídio representam 50% do número de homicídios dolosos ou qualquer outro crime doloso que resulte na morte de uma mulher, apenas no mês de maio de 2019. De acordo com a Secretaria de Segurança e Defesa Social da Paraíba, foram registrados dez homicídios de mulheres em maio. Desse total, cinco casos são investigados como feminicídio.

Redação

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Polícia captura suspeito de invadir casa e estuprar criança de 10 anos

A polícia conseguiu capturar neste domingo (18) o homem suspeito de invadir uma casa e estuprar uma menina de 10, em Itaporanga, no Sertão da Paraíba. O abuso teria ocorrido…

Polícia prende homem suspeito de manter esposa em cárcere privado na PB

A polícia prendeu um homem suspeito de agredir e manter a esposa em cárcere privado durante uma semana, em Santa Rita, na Grande João Pessoa. A mulher de 28 anos…