Por pbagora.com.br

Um garoto de 14 anos, identificado apenas como “Diguinho”, juntamente com o irmão, são apontados por moradores da comunidade do Taipa, no bairro do Costa e Silva, em João Pessoa, como os responsáveis por ao menos sete homicídios. Dois dos crimes foram registrados na noite de ontem (24).

Segundo uma moradora do local, que temendo represálias preferiu não revelar o nome, “Diguinho” e o irmão são considerados como os “terrores” daquela região.

“Vivemos em constante tensão, temos medo inclusive de cruzar com estes marginais pelas ruas e, sem qualquer motivo, sofrermos algum mal”, disse a moradora.

Por volta das 20 horas de ontem (24), testemunhas afirmam que “Diguinho” e o irmão executaram com três disparos de arma de fogo o menor Francisco Augusto dos Santos Silva, 17 anos. O crime aconteceu na Rua Graciliano Delgado.

Aproximadamente às 23 horas, a Polícia registrou o assassinato do menor Joedson Silva dos Santos, 16 anos. Segundo testemunhas, “Diguinho”, o irmão e mais dois homens não identificados se aproximaram da vítima na “Granja do Forró”, localizada no Distrito Industrial de João Pessoa, e efetuaram vários disparos de arma de fogo. Após a ação, o grupo fugiu em duas motocicletas de modelo e placas não identificadas.

A Polícia investiga a denúncia dos moradores do Costa e Silva e, contatando a veracidade, espera apreender os acusados nos próximos dias.

 

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Homem agride esposa, ameaça polícia e é preso na cidade de Alagoa Grande

Mais um caso de violência contra as mulheres foi registrado no fim da tarde desta quarta-feira (21), em Alagoa Grande, no Brejo paraibano, quando um homem que não teve a…

Adolescente é baleado ao tentar fugir de abordagem policial em Campina Grande

Um adolescente de 14 anos foi baleado durante uma ação da Polícia Civil, realizada nesta quarta-feira (21), no bairro Três Irmãs, em Campina Grande. Segundo a polícia, ele estava acompanhado…