Por pbagora.com.br

As imagens divulgadas com exclusividade pelo PB Agora confirmam as denuncias dos estudantes de Campina Grande que foram agredidos pela Tropa de Choque da policia militar da Paraíba, durante protesto na manhã deste quinta-feira. Nas imagens são identificados policiais agredindo estudantes no final do protesto.

Os oitos estudantes que foram detidos, após terem sido espancados por integrantes da tropa de choque e da Rotam da Policia Militar, foram liberados por volta das 16h30. O grupo, integrado inclusive por dois menores de idade, seguiu diretamente para a Unidade de Medicina Legal, em Bodocongó, para fazer exame de corpo de delito. As entidades estudantis envolvidas no protesto vão processar o Governo do Estado pela pancadaria contra os jovens.

Desde o início desta semana que estudantes de Campina Grande se mobilizam contra o reajuste da tarifa de transporte coletivo autorizada pelo prefeito Veneziano Vital do Rêgo. Com agenda marcada para a manhã desta quinta-feira na Câmara de Vereadores, Veneziano chegou a suspender sua ida à Casa por conta dos protestos estudantis em frente à sede do Poder Legislativo Municipal.

O valor da passagem de ônibus em Campina Grande passa de R$ 1,55 para R$ 1,70 – reajuste na ordem de 10%.

 

 

Clilson Júnior
PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Foragido da justiça há dois anos é preso pela PRF em Bayeux

A Polícia Rodoviária Federal na Paraíba prendeu na manhã desta quinta-feira (6), no município de Bayeux, um homem foragido da justiça há dois anos. A prisão ocorreu durante abordagem realizada…

Polícia Civil irá investigar assassinato de pré-candidato em Pedras de Fogo

A Polícia Civil irá investigar o assassinato do empresário Abson Matos Paiva, conhecido em Pedras de Fogo pelas críticas à gestão do prefeito Dedé Romão, que foi assassinado, na noite…