Por pbagora.com.br

A Polícia Militar foi chamada na noite de ontem (30) para apurar uma denúncia no qual um homem teria quebrado as vidraças da UPA Oceania, no bairro Aeroclube, em João Pessoa, após a unidade de saúde negar atendimento ao seu filho um bebê de colo. O homem chegou ao local após seu filho sofrer uma queimadura no rosto.

Na unidade de saúde ele foi informado que a criança não poderia ser atendida, já que todas as UPAs de João Pessoa foram destinadas para atendimento de pacientes acometidos pela Covid-19.

O homem de 33 anos teria ficado inconformado e quebrado as vidraças da UPA. Devido aos estilhaços ele sofreu um corte na perna e precisou de um atendimento paliativo, sendo orientado a procurar socorro em um hospital.

Redação

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Foragido da Justiça é capturado e menor apreendido na zona norte de João Pessoa

A Polícia Militar intensificou as ações na zona norte de João Pessoa, capturou um foragido da Justiça, apreendeu duas armas de fogo e um adolescente cometendo ato infracional. As ações…

Bebê recém nascido é encontrado abandonado na cidade de Queimadas

Um bebê recém nascido foi encontrado após ser abandonado em uma calçada, na manhã desta sexta-feira (15), na cidade de Queimadas. Segundo as informações da Polícia Civil a criança ainda…