A Paraíba o tempo todo  |

Homem é assassinado a tiros

Um homem foi assassinado a tiros e uma líder comunitária foi vítima de uma bala perdida em João Pessoa. O fato aconteceu na noite de quarta-feira (5) no bairro do Grotão, na Zona Sul da Capital, mas o corpo só foi encontrado na manhã desta quinta-feira na Rua Aracaju, num assentamento de sem-terra, enquanto que a mulher se encontra internada no Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena. a vítima foi fatal foi identificada como sendo, Artur Borges Alexandre de apenas 15 anos.

De acordo com a tenente Viviane, por volta das 19 horas, Marilena de Sousa estava em na frente à Associação Comunitária, onde desempenha um trabalho social, quando começou um tiroteio entre gangues que lutam pelo controle do tráfico de drogas na área.
Em meio ao tiroteio a líder comunitária acabou sendo atingida com dois disparos na coxa e socorrida para o Trauma. Logo após o assassinato, os acusados fugiram em um veículo Pálio de cor cinza.

Policiais militares do 5º Batalhão, sob o comando da tenente Viviane iniciaram as investigações e buscas e se deparam com os acusados na comunidade Taipa, no Costa e Silva.

Ao perceberem a presença da polícia, os acusados ainda atiraram contra os PMs que revidaram e quando eles perceberam que estavam em desvantagem abandonaram as armas e foram embora. A polícia encontrou uma pistola. 40 e uma espingarda calibre 12 e entregou na Delegacia de Crimes Contra a Pessoa.
 

 

Paraíba.com

PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe