Por pbagora.com.br

Nesta quinta-feira (25), a Polícia Federal informou que está investigando um grupo que tentou vender ao Ministério da Saúde 200 milhões de doses de vacina falsas contra a covid-19.

De acordo com a nota da PF, duas pessoas procuraram o ministério com credenciais falsas, apresentando-se como representantes de um grande consórcio farmacêutico e alegando terem exclusividade para venda de lote de vacinas.

O próprio Ministério da Saúde fez a denúncia.

A PF informou ainda que além do Ministério, o grupo também teria procurado outros gestores públicos com a mesma oferta.

Em operação deflagrada nesta quinta-feira a PF cumpre sete mandados de busca e apreensão nos Estados de Minas Gerais e Espírito Santo como parte da apuração sobre o caso.

PB Agora

Notícias relacionadas

Mãe abandona recém-nascido em quintal de casa no Litoral Norte

Um recém-nascido foi encontrado abandonado no quintal de uma casa na cidade de Lucena, Litoral Norte da Paraíba. De acordo com as informações o bebê foi encontrado por uma mulher…

Vereador da região de Sousa cai em golpe e perde mais de R$ 10 mil

Nessa terça-feira (13) o vereador Francisco Alexandre (PSDB) da cidade de Marizópolis, região de Sousa, Sertão paraibano, revelou, em contato com a imprensa que foi vítima de um golpe, onde…