Por pbagora.com.br

Um trio armado invadiu uma agência dos Correios, que fica localizada em frente ao Campus da Universidade Federal de Campina Grande, no bairro de Bodocongó, na manhã desta quinta-feira (05), e fez pelo menos cinco reféns, entre eles a esposa de um Policial Civil.

Segundo as primeiras informações, um dos bandidos já foi detido e está dentro da viatura da Policia Militar, o segundo está em frente à agência, negociando com a polícia, e o terceiro se encontra dentro do estabelecimento, com os cinco reféns.

A ação reúne policiais militares, civis e federais, que tentam pôr fim a situação. O assalto foi iniciado por volta das 8h.

Em pronunciamento, em frente aos Correios, o bandido chegou a dizer que não estava  assaltando o povo, mas sim o Governo e os políticos.

Eles exigiram a presença da imprensa e também dos Direitos Humanos. 

Um colete à prova de balas já foi repassado para o suspeito que está dentro da agência. Ele também solicitou a presença de um advogado, que já chegou no local.

Bombeiros e Samu também estão no local aguardando a saída dos reféns.

O clima segue tenso. A expectativa é que os bandidos se entreguem a qualquer momento.

EM TEMPO

Em decorrência dessa assalto o prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues (PSDB) suspendeu a solenidade de lançamento da programação do maior São João do Mundo. Um novo horário será definido após o desfecho do caso.

Mais informações em instantes.

""

""

 

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Operação prende três homens suspeitos de aterrorizar cidade da PB

A Polícia Civil da Paraíba, durante operação conjunta com a Polícia Militar e Bombeiros Militar, prendeu na manhã desta terça-feira (22) três homens suspeitos de porte e posse ilegal de…

Madastra é presa suspeita de morte de criança em Campina Grande

A Polífia Civil prendeu uma mulher suspeita da morte de menino de 4 anos na Paraíbna. A prisão acontteceu após o resultado da perícia realizada pelo Núcleo de Medicina e…