A Paraíba o tempo todo  |

Grupo que falsificava documentos e aplicava golpes é preso na PB

Uma organização criminosa que atuava na falsificação de documentos para aplicar golpes na Paraíba foi desarticulada pela Polícia Civil no início da noite desta terça-feira (25).

Cinco pessoas suspeitas de atuar nos crimes foram presas e conduzidas para a delegacia para prestar depoimentos. Com elas, os policiais encontraram diversos equipamentos e maquinários, como notebooks e impressoras de alta tecnologia, utilizados nas falsificações, cédulas em branco de documentos oficiais, além de dezenas de aparelhos de celulares.

O material foi localizado em um imóvel situado na praia do Poço, na cidade de Cabedelo, região metropolitana de João Pessoa.

A ação policial foi realizada por equipes da Delegacia de Repressão a Entorpecentes de João Pessoa (DRE/JP).

Segundo o delegado Bruno Germano, inicialmente, a Polícia começou a investigar o grupo por desconfiar que se tratava de uma organização criminosa ligada ao tráfico de drogas.

No entanto, com o avanço das investigações, os policiais descobriram que o grupo atuava com crimes de estelionato e falsificação de documentos que eram usados para abrir contas em banco, solicitação de cartões de crédito de forma fraudulenta, além de outros golpes praticados contra terceiros.

A presença de dezenas de aparelhos celulares no imóvel revistado pela Polícia, leva os agentes a desconfiar que as vítimas eram abordadas por meio de ligações telefônicas.

As cinco pessoas que foram localizadas pelos policiais e são suspeitas de atuar nos crimes foram levadas à delegacia. Apesar das prisões e apreensões, as investigações irão continuar.

“Ainda estamos apurando a participação de cada uma dessas pessoas, mas já temos indícios que levam a crer que esses indivíduos atuam nesses crimes e têm participação na conduta criminosa”, explicou o delegado.

 

Assessoria de Imprensa. Polícia Civil da Paraíba

PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe