Por pbagora.com.br

O interior paraibano tornou-se o alvo preferido de bandidos ousados e bem estruturados que desafiam a polícia do estado com constantes assaltos a agências bancárias e explosões de caixas eletrônicos com uso de dinamite.

O secretário de Segurança e Defesa Social da Paraíba, Gustavo Gominho, afirmou nesta quarta-feira, dia 21, que está sendo montada uma força-tarefa formada por policiais dos estados da Paraíba, Rio Grande do Norte e Pernambuco com o intuito de capturar o grupo que está agindo na região.

Gominho destacou que a quadrilha é composta por cerca de 20 assaltantes, a maioria do estado de Pernambuco, que atuam de forma organizada. A maior parte do grupo já foi identificada, conforme ressaltou o secretário. Os nomes não foram divulgados para não atrapalhar o trabalho.

De acordo com as investigações realizadas pela Polícia Civil, os crimes praticados contra as unidades bancárias da Paraíba são praticadas pelo mesmo grupo que atua de forma sistemática e simultaneamente em várias regiões com o objetivo de despistar a polícia. No entanto, segundo o secretário, os indícios comprovam que os autores dos delitos pertencem a mesma gangue, que está vinculada ao crime organizado.

Em sua maioria, estes criminosos são fugitivos da Justiça ou ex-presidiários, com idade entre 19 e 35 anos e que possuem líderes em cada região. "Nós podemos afirmar que a maioria destes bandidos são pernambucanos, mas que possuem ligação com outras pessoas nos estados da Paraíba e Rio Grande do Norte.

A polícia tem investigado e já conseguiu capturar alguns destes criminosos. Nós já temos a identidade da maioria deles e acredito que em poucos dias, vamos começar a efetivar essas capturas", comentou Gominho.

O delegado geral de Polícia Civil do estado, Canrobert Rodrigues de Oliveira, disse que os autores destas ações criminosas possuem estrutura para tentar confrontar as autoridades, no entanto, grande parte das armas utilizadas durante as investidas são oriundas de grupos criminosos do sul do país. "Eles alugam essas armas a grupos ligados ao PCC e até outros grupos criminosos que atuam no sul e sudeste do país, mas que possuem membros aqui no Nordeste" comentou.
 

 

O Norte

Notícias relacionadas

Dois corpos de moradores de Pedras de Fogo são encontrados enterrados em Juripiranga

A polícia encontrou dois corpos enterrados em uma cova rasa no município de Juripiranga, na Paraíba, nesta sexta-feira (16). As vítima residiam no município de Pedras de Fogo. De acordo…

Polícia prende seis pessoas e apreende oito armas de fogo nesta sexta-feira

A Polícia Militar apreendeu oito armas de fogo e cumpriu seis mandados de prisão, nessa sexta-feira (16), em ações e operações realizadas em todo o Estado. Para as próximas horas,…