Paulo Rodrigues Teixeira de Carvalho, filho adotivo do auditor fiscal Paulo Germano assassinado a tiros no mês passado no bairro do Valentina, em João Pessoa, foi preso no início da tarde desta segunda-feira (26). De acordo com a polícia, Paulo é suspeito de matar o próprio pai.

O crime aconteceu no momento em que a família realizava uma comemoração. Segundo testemunhas, homens armados invadiram o local e atiraram várias vezes contra o auditor, que não resistiu aos ferimentos e morreu antes mesmo de ser socorrido.

A denúncia contra Paulo teria sido feita pela sua irmã, filha de Paulo Germano. O suspeito foi levado para a Central de Polícia, no bairro do Geisel.

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Idoso de 63 anos cai em cisterna de vizinho e morre afogado na Paraíba

Um idoso de 63 anos caiu dentro de um cisterna, localizada na casa de um vizinho, no sítio Jenipapo, na PB-063, próximo à Alagoinha, na Paraíba, e acabou morrendo afogado.…

Polícia apreende mais de 100 papelotes com drogas em CG

Mais de 100 papelotes e cinco pacotes com substância semelhante à maconha foram apreendidos pela Polícia Militar em uma ação da 2º Companhia Especializada em Policiamento com Motocicletas, na cidade…