Por pbagora.com.br

Assaltos, medo, agressões físicas e verbais em plena luz do dia já fazem parte da rotina da Praça Clementino Procópio, no Centro de Campina Grande. Na cidade, praticamente todo morador ou já foi vítima ou conhece alguém que tenha sido abordado nas redondezas por menores infratores e assaltantes que não se inibem com as rondas policiais que acontecem no lugar.

 

De acordo com o comando do 10º Batalhão de Polícia Militar da Paraíba, responsável pela segurança do setor, a feira clandestina instalada ao lado, em frente às ruínas do antigo Cine Capitólio, facilita ações delituosas em qualquer área da praça, localizada entre a Avenida Floriano Peixoto e as ruas 13 de Maio, Irineu Joffely e Vidal de Negreiros.

 

“O problema é notório e claro. Quando olhamos para aquela aglomeração de pessoas fazendo comercialização de produtos de origem, no mínimo, duvidosa, percebemos o quanto a feira clandestina facilita ações delituosas no espaço, que inclusive é totalmente inapropriado para esse fim. ”, afirma o comandante do 10º Batalhão da Polícia Militar, tenente-coronel Rogério Damasceno.

 

O comandante ressaltou ainda que desde setembro tenta discutir a situação junto ao Conselho de Segurança de Campina Grande (Conseg), que é um órgão da sociedade civil, criado pela Lei Municipal nº 5.404/2013, constituindo- se num espaço em que a comunidade, através de seus representantes, pode dirigir suas denúncias e reclamações relacionadas à insegurança pública no município, além de conhecer as iniciativas de combate à violência.

 

A administradora Jane Morais conta que já foi vítima de assalto no centro da cidade em duas ocasiões. “A última eu estava passando na praça por volta das cinco da tarde, quando um homem aparentando ter mais de 25 anos me jogou contra a parada de ônibus e ficou a centímetros de distância de mim, disse que estava com uma faca e que eu passasse o celular e que saísse sem olhar para trás, se não ele me furava. O pior é que todo mundo estava ali e ninguém fez nada”, disse.

 

Redação

 


Saiba mais sobre Certificação Digital no Portal Juristas. Adquira seu certificado digital E-CPF ou E-CNPJ com a Juristas Certificação Digital. Entre em contato através do WhatsApp (83) 9 93826000

 

Notícias relacionadas

Polícia apreende aves silvestres que seriam comercializadas em JP

Na manhã desta quinta-feira (04), o Batalhão de Polícia Ambiental da Paraíba apreendeu várias aves silvestres que seriam comercializadas em feiras livres de João Pessoa. A apreensão foi feita no bairro…

PM apreende três armas de fogo de fabricação caseira em João Pessoa

Policiais Militares do Batalhão de Polícia Ambiental (BPAmb) apreenderem três armas de fogo de fabricação caseira, calibre .12, na comunidade Santa Clara, localizada no bairro do Castelo Branco, em João…