Por pbagora.com.br
Imagem ilustrativa

Presa por tentar fraudar vestibular de Medicina em Campina Grande, uma estudante universitária deverá ser liberada após a prisão temporária.

Isso porque ela colaborou com a polícia nas investigações que pretendem desbaratar o esquema de fraudes.

De acordo com as informações a mulher de 23 anos é estudante de medicina e é suspeita de ter feito a prova no lugar de 15 pessoas.  A polícia aponta que o grupo cobrava até R$ 120 mil por vaga.

A suspeita confessou participação no esquema e contou tudo o que sabia durante o depoimento, por isso deve responder às acusações em liberdade.

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Brasileiro mata a esposa à facada na França

Um brasileiro de 27 anos identificado como Rodrigo Martin se entregou à polícia da cidade de Choisy-le-Roi, na França , na noite do último sábado (26) após passar um dia…

PM apreende menor com drogas, dinheiro e perfumes, na Paraíba

Durante ações da Operação Nômade realizada durante o final de semana na Paraíba, as Rádios Patrulhas de Rio Tinto I e II apreenderam menor por ato infracional semelhante ao tráfico…