Por pbagora.com.br

Na noite deste sábado (5), um policial militar foi atropelado na cidade de Pedras de Fogo. Testemunhas relataram que o atropelamento teria sido provocado pela esposa da vítima.

Segundo informações repassadas à polícia, o policial pilotava uma moto quando foi atingido pelo carro dirigido por sua esposa. Uma suposta traição teria sido a motivação do atentado.

O homem, além de escoriações, teria sofrido várias fraturas. Ele foi socorrido para o Trauminha de Mangabeira, em João Pessoa, por uma ambulância do Serviços de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU).

A suposta agressora fugiu do local logo após o atropelamento.

Ainda de acordo com a polícia, o veículo teria sido fruto de um presente dado pela vítima à esposa.

O estado de saúde do policial não foi divulgado pela unidade hospitalar.

 

Secom

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

81 casos em investigação de desaparecidos na PB irão para o MPPB

Oitenta e um casos de pessoas desaparecidas estão em investigação na Paraíba e serão encaminhados ao Programa de Localização e Identificação de Desaparecidos do Ministério Público da Paraíba (Plid/MPPB). A…

BEPMotos prende mais de 480 suspeitos e apreende 104 armas no 1º ano de atuação

O Batalhão Especializado de Policiamento com Motocicletas (BEPMotos) completa um ano de atuação nesta quarta-feira (5), com resultados expressivos para a segurança pública da Paraíba. Nos primeiros 12 meses de…