A Paraíba o tempo todo  |

Em CG: porteiro é preso por falsificar documentos e retirar auxílio no INSS

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

 A Polícia Federal prendeu, em flagrante, em Campina Grande, na tarde de ontem, sexta-feira (02), um porteiro tentando sacar benefícios do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) com documentos de outra pessoa. A prisão aconteceu no momento em que o suspeito tentava sacar o dinheiro na agência do bairro Dinamérica.

 

Á polícia, o homem disse que achou os documentos de um morador do prédio onde ele trabalha e falsificou, trocando apenas a fotografia. Ele disse ainda que conseguiu o número do CPF da vítima pela internet e ainda falsificou um atestado médico.

 

Segundo a Polícia Federal, com os documentos falsos, o suspeito deu entrada no INSS para conseguir um auxilio-doença no valor de R$ 3,5 mil. O porteiro chegou a receber a primeira parcela do beneficio no mês passado e já iria retirar outra parcela.

 

Conforme o delegado da Polícia Federal, Carlos Felipe, ainda em depoimento a polícia, o porteiro, que não tem antecedentes criminais, disse que estava passando por dificuldades financeiras e, como já tinha conseguido de forma legal o benefício, já sabia os passos a seguir. O suspeito vai passar por uma audiência de custódia e deve responder pelo crime de estelionato em liberdade.

 



Redação

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe