Na manhã desta quinta-feira (26, uma jovem foi presa suspeita de jogar acetona e usar um isqueiro para incendiar o marido, em Campina Grande. De acordo com a Polícia Civil, a acusada esperou o esposo dormir para cometer o crime.

Segundo a delegada Nercília Dantas, da Delegacia de Homicídios de Campina Grande, Thaisy, de 24 anos, foi alvo de mandado de prisão preventiva por atear fogo em seu companheiro, identificado como Tercio , de 26 anos.

Na delegacia, Thaisy confessou o crime e disse estar embriagada quando esperou o companheiro dormir para incendiá-lo. O jovem teve queimaduras de 2º grau e ficou internado por 12 dias, mas morreu no hospital.

Segundo a delegada, em depoimento a jovem alegou que tomou conhecimento de uma traição. Ela foi levada à Central de Polícia de Campina Grande, onde aguarda audiência de custódia para, possivelmente, ser encaminhada ao presídio.

 

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Polícia captura mais de 100 suspeitos de crimes no fim de semana, na PB

A Polícia Militar conduziu 123 suspeitos de homicídios, roubos, furtos e outros tipos de crimes até as delegacias, neste terceiro fim de semana do ano, em várias cidades da Paraíba.…

Polícia faz abordagens e apreende drogas em bairros de JP

A Polícia Militar apreendeu drogas dos tipos maconha, cocaína e crack, durante as abordagens realizadas nessa segunda-feira (20), nos bairros São José e Geisel, em João Pessoa. Nas ações, foram…