Por pbagora.com.br

Na manhã desta quinta-feira (26, uma jovem foi presa suspeita de jogar acetona e usar um isqueiro para incendiar o marido, em Campina Grande. De acordo com a Polícia Civil, a acusada esperou o esposo dormir para cometer o crime.

Segundo a delegada Nercília Dantas, da Delegacia de Homicídios de Campina Grande, Thaisy, de 24 anos, foi alvo de mandado de prisão preventiva por atear fogo em seu companheiro, identificado como Tercio , de 26 anos.

Na delegacia, Thaisy confessou o crime e disse estar embriagada quando esperou o companheiro dormir para incendiá-lo. O jovem teve queimaduras de 2º grau e ficou internado por 12 dias, mas morreu no hospital.

Segundo a delegada, em depoimento a jovem alegou que tomou conhecimento de uma traição. Ela foi levada à Central de Polícia de Campina Grande, onde aguarda audiência de custódia para, possivelmente, ser encaminhada ao presídio.

 

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Polícia apreende drogas sintéticas e maconha em apartamento de JP

A Polícia Militar desarticulou, na noite dessa quarta-feira (12), um esquema do tráfico que estaria sendo responsável pela venda e distribuição de drogas sintéticas para vários bairros da Capital, a…

PF cumpre mandados na Paraíba contra grupo acusado de fraudar bancos

A Polícia Federal na Paraíba deflagrou na manhã desta quinta-feira (13) uma operação para desarticular um grupo criminoso especializado na realização de fraudes bancárias mediante uso de documentos falsos, como…