O Centro Integrado de Operações Policiais (CIOP) divulgou boletim com os principais registros de ocorrências policiais. Segundo relatório, dois homicídios e duas tentativas de homicídio foram registrados nas últimas horas.

O agricultor Luis Pereira da Silva, 37 anos, foi assassinado no sítio Jatuarana, município de Caiçara, Agreste Paraibano. Segundo relato policial, a vítima foi atingida por um disparo de arma de fogo, efetuado por um desconhecido, quando abriu a porta da casa onde morava para ir ao trabalho.Luis Pereira não resistiu ao ferimento e teve morte imediata.

No bairro do José Américo, município de João Pessoa, o jovem Jesiel Abraão da Silva, 17 anos, foi assassinado com dois disparos de arma de fogo, que atingiram a face e olho da vítima.

Segundo relato policial, uma ligação anônima informou sobre o fato e guarnições foram deslocadas até a cena do crime. O caso foi registrado pelo delegado plantonista da 9ª Delegacia Distrital, em Mangabeira.

Tentativas de homicídio

A Polícia está à procura de Damião Sebastião de Oliveira, 41 anos, acusado tentar contra a vida do próprio filho, Adeilton de Oliveira, e a enteada, A.C.S, 13 anos. O fato aconteceu no bairro do Alto Branco, em Campina Grande

Segundo informações, após uma discussão familiar Damião se armou com um revólver e efetuou vários disparos contra as vítimas, atingindo o filho com dois disparos e a enteada com mais um. Após o crime Damião fugiu do local e até o momento não foi localizado pela Polícia.

As vítimas foram socorridas por profissionais do Serviço de Atendimento Médico de Urgência (SAMU) para o Hospital Antônio Targino, onde foram deixados sob cuidados médicos.

A segunda tentativa de homicídio registrada pela Polícia aconteceu no município de Guarabira, Agreste Paraibano. Luciano Júnior M. Silva, 22 anos, foi atingido por golpes de machado no mercado público da cidade. O acusado do crime é o marchante Valmir Alves da Silva, 30 anos.

Segundo a Polícia, Luciano se encontrava em frente ao estabelecimento comercial do cunhado, quando sem motivo aparente o acusado investiu sem sucesso contra a vítima, que conseguiu fugir e se abrigar entre alguns veículos.

A Polícia foi acionada, compareceu ao local e conseguiu localizar e prender o acusado, que foi conduzido para delegacia da cidade, onde permanece detido à disposição da justiça.

A última ocorrência desta natureza foi registrada novamente no município de Campina Grande. O taxista William Vital de Moura, 54 anos, foi atingido por um disparo de arma de fogo quando se encontrava de frente à residência onde mora, na Rua dos Marmeleiros, bairro das Malvinas.

A vítima informou à Polícia que o acusado do crime é um ex-enteado identificado como Carlos Duarte de Queiroz, 23 anos, residente na Rua José Vieira de Lima, bairro do Cruzeiro.

William foi socorrido para o hospital da cidade com um ferimento na mão, recebeu os devidos cuidados médicos e foi liberado instante depois.

 

Thiago Moraes
 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

PRF prende mais um homem por tráfico interestadual de drogas

A Polícia Rodoviária Federal prendeu na noite de ontem, sexta-feira (18), um homem com 2 kg de cocaína durante abordagem no município de Mamanguape. Foi a segunda prisão no mesmo…

Homem é preso no Sertão ao usar residência para a venda de drogas

Um homem acusado de tráfico de drogas foi preso nessa sexta-feira (18) pela Polícia Civil. O preso, mais conhecido como “Preá”, foi localizado por equipes da Delegacia Seccional de Itaporanga.…