A Paraíba o tempo todo  |

Detidos em Patos, prefeito e assessores permanecem à disposição da justiça de Pernambuco

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

Detidos na manhã desta sexta-feira (20) acusados de crime de falsidade ideológica e irregularidades na aplicação de recursos da Prefeitura. Municipal de Catingueira, o prefeito José Edvan Félix e os assessores Hamilton Remígio e Teócrito Gomes, permanecem detidos no presídio de Patos à disposição do Tribunal Regional Federal da 5 região, em Recife.
 

A prisão de Edvan Félix e assessores foi em cumprimento a mandado expedido pela Justiça Federal. Os policiais federais cumpriram, também, mandados de busca e apreensão de documentos na prefeitura e no veículo do prefeito.

Thiago Moraes

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe