A Paraíba o tempo todo  |

Desembargador do TRF-5 suspende vacinação para trabalhadores da educação em JP

Acatando um pedido do Ministério Público Federal, por intermédio da Procuradoria Regional da República em Recife, o desembargador Vladimir Souza Carvalho, do Tribunal Regional Federal da 5ª Região, determinou a suspensão da vacina contra a Covid-19 em trabalhadores da educação. A suspensão é até que pessoas privadas de liberdade e os funcionários dessas instituições sejam imunizadas.

“Penso que deve pairar em todo o território brasileiro uma uniformização de metas a declinar as pessoas a serem vacinadas, quer pela idade, quer pela profissão, quer pelas comorbidades, a partir do referido Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação Contra a Covid-19″, diz o desembargador na decisão.

Os pedidos da Prefeitura de João Pessoa para a continuidade da vacinação foram indeferidos. A alegação da gestão municipal pessoense é que a imunização das pessoas privadas de liberdade seria de competência da Secretaria de Administração Penitenciária, pasta do Governo do Estado. A Prefeitura da capital deve recorrer da decisão.

Veja a decisão:

Anexo da Comunicacao-3.pdf reconsideração

Redação

PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      13
      Compartilhe