A Polícia Civil da Paraíba segue investigando a motivação da execução brutal de um deficiente físico, no município de Gado Bravo,  Agreste da Paraíba, ocorrido na madrugada deste sábado (10). A vítima, identificada como “Nego de João Meni” teve a cabeça decepada, minutos depois de ter a casa incendiada.

Segundo a investigação, o homem tinha deficiência nos membros superiores e estava desaparecido desde a noite do incêndio. O corpo foi encontrado por populares nas proximidades da casa, sem a cabeça..

A polícia foi acionada mas até agora não há informações sobre motivação ou autoria do crime.

 

PB Agora

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Jovem é apreendida sob suspeita de tráfico de drogas na cidade de Santa Rita

A Polícia Militar da Paraíba, apreendeu, na noite de ontem (18), um jovem sob suspeita de tráfico de drogas, no distrito de Várzea Nova, em Santa Rita. Segundo informações da…

Mais de 50 armas de fogo são apreendidas pela PMPB na última semana

Nas ações realizadas no período de 12 a 18 agosto, a Polícia Militar apreendeu 51 armas de fogo na Paraíba, chegando a 1.861 armas retiradas de circulação pela corporação, já…