O estado de saúde da criança baleada nessa quinta-feira (1º), no município de Carrapateira, Sertão paraibano, ainda continua sendo considerado grave. O menino de cinco anos foi transferido para o Hospital de Trauma de Campina Grande, onde passou por cirurgia e está internado na Unidade de terapia intensiva (UTI).

Segundo a Polícia Militar, a arma conhecida como “soca soca” foi encontrada por um grupo de crianças enquanto brincavam. O tiro foi disparado por outra criança, de 10 anos.

De acordo com o levantamento feito pela PM, o dono da espingarda é o tio da vítima, que não tem posse de arma.

 

Redação

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

PRF/PB encerra semestre causando prejuízos de R$ 5 milhões ao crime organizado

Este ano foram registradas 858 ocorrências criminais nas rodovias federais da Paraíba com aumento de 43,9% em relação ao mesmo período de 2019 A Polícia Rodoviária Federal (PRF) na Paraíba…

Bandidos explodem cofre de supermercado de João Pessoa

Cerca de quatro homens invadiram um supermercado atacadista e varejista localizado às margens da BR-230, em João Pessoa, na madrugada desta segunda-feira (13) e explodiram o cofre do caixa de…