Ocorrências de homicídio, tentativa de homicídio, embriagues ao volante, encontro de cadáveres, arrombamento de residências, assaltos a postos de combustíveis e a pedestres movimentaram a área policial durante o feriadão 2009 na Grande João Pessoa; Confira:

HOMICÍDIOS
Um homem foi assassinado com dez disparos de arma fogo no condomínio Boa Esperança, localizado no bairro do Padre Zé.
Josinaldo de Araújo, 32 anos, vulgo “Joca Monstro”, foi atingido por três disparos na face, um no pescoço, dois nos braços, um no ombro, outro o quadril e dois nas costas.

Segundo testemunhas, os autores dos disparos são três homens, um deles identificado apenas como “Rona”, que fugiram logo após o crime.

No bairro do Treze de Maio, o estudante Wellington Aldo de Sousa, 24 anos, foi morto com 18 disparos de arma de fogo. Os tiros atingiram as costas, nuca e cabeça da vítima que teve morte imediata. A Polícia não possui pistas sobre a autoria do crime.

No Distrito dos Mecânicos, o menor M.C.A.N, 17 anos, foi assassinado com três disparos de arma de fogo. Segundo o perito que esteve no local, Camilo da Silva, os tiros atingiram o ombro e as costas do garoto. A Autoria do crime ainda é desconhecida.
 

TENTATIVA DE HOMICÍDIO

Josivando da Silva Pereira, 29 anos, foi atingido por dois disparos de arma de fogo. O crime aconteceu no bairro dos Novais e, segundo testemunhas, os autores são dois homens não identificados, ambos de bicicletas.

No município de Santa Rita, na Grande João Pessoa, Cristiano de Melo Silva, 30 anos, foi esfaqueado com um golpe de faca peixeira na nuca. A Polícia não possui qualquer informação sobre a autoria do crime.

Em ambos os casos as vítimas foram socorridas para o Hospital de Emergência e Trauma, na Capital, onde foram deixadas sob cuidados médicos.

EMBRIAGUES AO VOLANTE
O mecânico Geovani Pereira de Oliveira, 32 anos, foi preso no bairro do Varadouro, em João Pessoa, após ser flagrado conduzindo um veículo sob efeito de bebida alcoólica. Ele foi conduzido à 1ª Delegacia Distrital, no bairro de Cruz das Armas, onde foi autuado em flagrante delito.

No bairro do Valentina de Figueiredo, a Polícia prendeu Hamilton Pinto Gomes, também dirigindo um veículo sob o efeito de bebida alcoólica.

Segundo informações do Cabo Walter Veríssimo, durante rondas de rotina policiais da viatura 1051, sob o comando do Sargento Carvalho, flagrou o acusado pilotando uma motocicleta Honda Fan, placa MOC 0557-PB, sob o efeito de álcool.

O acusado foi encaminhado à 9ª Delegacia Distrital, no bairro de Mangabeira, onde foi autuado no artigo 165 do Código de Trânsito Brasileiro.

ENCONTRO DE CADÁVER
O corpo do aposentado Hugo de Oliveira Ramalho Mangueira, 59 anos, foi encontrado em adiantado estado de putrefação no interior de uma residência localizada no bairro dos Ipês, em João Pessoa. A Polícia foi acionada por um vizinho que notou o desaparecimento da vítima há vários dias e percebeu um forte odor vindo do interior da residência onde o aposentado morava.

Nenhum sinal de violência foi encontrado no corpo de Hugo Oliveira, o que leva a Polícia acreditar que o fato se tratou de morte natural.

No bairro de Cruz das Armas, também foi encontrado no interior de uma residência o corpo da aposentada Maria Francisca Moura de Oliveira. O corpo da vítima foi encontrado pelo esposo, que imediatamente acionou a Polícia.

Somente após os devidos exames profissionais do Departamento de Medicina Legal poderão apontar a causa da morte.

Em Caaporã, a Polícia encontrou o corpo do comerciante Severino dos Santos Ferreira Júnior, 35 anos. A vítima foi morta com vários disparos de arma de fogo, que atingiram a cabeça e tórax.

Segundo relato policial, a vítima estava desaparecida há 24 horas, juntamente com um veículo modelo Gol, placas KHW 0362-PB, que até o momento não foi localizado.

Em Paratibe, populares encontraram o corpo do pescador Paulo Ramos dos Santos, 37 anos. Polícia e profissionais do Departamento de Medicina Legal foram acionados, e constataram que o caso se tratou de morte natural.

RESIDÊNCIAS ARROMBADAS
Diversas ocorrências de arrombamento de residências na Grande João Pessoa foram registradas pelo Centro integrado de Operações Policiais (CIOP) durante a Festa de Momo 2009. Dentre as ocorrências, duas merecem destaques:

Bandidos arrombaram uma residência localizada em frente ao Espaço Cultural José Lins do Rego, no bairro de Tambauzinho. Eles roubaram a quantia de R$ 15 mil em espécie, eletrodomésticos e diversos aparelhos de telefone celular.

Em Camboinha, município de Cabedelo, dois homens armados e encapuzados invadiram uma residência e roubaram a quantia de R$ 7 mil em espécie. Eles fugiram em uma motocicleta de modelo e placa não identificados.

ASSALTOS A ÔNIBUS
Dois ônibus de transporte coletivo foram assaltados durante o carnaval 2009 em João Pessoa.

No Centro da Capital, um homem armado com uma faca assaltou um ônibus da linha 504 – Mandacaru. Ele roubou a quantia de R$ 64,00 do cobrador e fugiu a pé.

A Polícia foi acionada, realizou diligências e conseguiu localizar e prender Cleone da Silva, 25 anos. O acusado foi encaminhado à 1ª Delegacia Distrital, no bairro de Cruz das Armas, onde foram tomadas as devida providências.

No bairro do Varadouro, próximo à estação ferroviária de João Pessoa, dois homens armados assaltaram um ônibus da empresa Mandacaruense, prefixo 0460. Os bandidos roubaram todo o dinheiro do cobrador e fugiram sem deixar pistas.

TRÊS POSTOS DE COMBUSTÌVEIS ASSALTADOS
Três postos de combustíveis foram vítimas de bandidos durante o carnaval 2009 em João Pessoa. Os crimes aconteceram nos bairros do Castelo Branco, Torre e Bancários.

No Castelo Branco, dois homens armados em uma motocicleta modelo Twister, cor preta, placa MOV 2990-PB, assaltaram o posto de combustível Jesus de Nazaré, além a loja de conveniências do local.

No bairro da Torre, novamente dois homens em uma motocicleta modelo Twister, cor preta, assaltaram o posto Verão. Eles roubaram aproximadamente R$ 300,00 em espécie, diversas folhas de cheques pertencentes a clientes e fugiram sem deixar pistas.

No bairro dos Bancários, dois homens em uma motocicleta de cor preta, modelo e placa não identificados, assaltaram o posto Ello. Os bandidos roubaram aproximadamente R$ 200,00 do frentista e fugiram sentido ao bairro de Mangabeira.

A Polícia investiga se todos os crimes foram praticados pelos mesmos bandidos, uma vez que as características repassadas pelas vítimas coincidem.

Thiago Moraes

PB AGORA

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Acusado de estuprar sobrinha é condenado a 8 anos de cadeia

Um homem acusado de estuprar a sobrinha, à época com 13 anos de idade, foi condenado a oito anos e dois meses de reclusão, em regime fechado. A sentença foi…

Homem é preso com arma e munição no Sertão da Paraíba

Na tarde dessa sexta-feira (16), policiais do 3º Batalhão de Polícia Militar prenderam um homem por porte ilegal de armas. O suspeito, de 66 anos, estava com um revólver. A…