Por pbagora.com.br

A concessão de medidas protetivas na Paraíba registrou um aumento de 13,6% no período de um mês, segundo dados levantados pela Gerência de Pesquisas Estatísticas do Tribunal de Justiça da Paraíba. Em maio deste ano foram distribuídas 428 medidas protetivas, enquanto em junho o montante passou para 486.

Ainda conforme a pesquisa, pelo menos 1.175 medidas protetivas foram distribuídas no estado. Em abril houve uma retração nas notificações de pedidos, com 376 solicitações atendidas.

O órgão acredita que o número de medidas subiu durante o mês de maio por causa da disponibilização do serviço de delegacia online, da Polícia Civil. Assim, as vítimas de violência doméstica e familiar puderam denunciar abusos de forma remota.

Para a coordenadora da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar do TJPB, juíza Graziela Queiroga, este aumento no percentual de medidas protetivas distribuídas significa que as mulheres estão buscando denunciar e romper com o ciclo de violência doméstica.

Redação com G1

Notícias relacionadas

Polícia prende em Santa Rita acusado de praticar três homicídios

Um foragido da Justiça e acusado de praticar três homicídios foi preso, na tarde desta quarta-feira (5), pela Polícia Civil da Paraíba na cidade de Santa Rita, região metropolitana de…

Polícia cumpre mandado de prisão contra acusado de matar e enterrar corpo em Bayeux

A Polícia Civil da Paraíba cumpriu, nesta quarta-feira (5), mandado de prisão decretado contra o acusado de matar Eric Neviano Veríssimo de Oliveira e enterrar o corpo dele na cidade…