A Paraíba o tempo todo  |

Comandante da PM vai intensificar ações para inibir aglomerações no Ano Novo

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

Após inibir, através de várias operações, aglomerações em festas durante o período natalino em toda a Paraíba, a Polícia Militar deve intensificar essas ações também nos festejos de Ano Novo. No ultimo final de semana, a polícia recebeu denúncias e acabou com várias festas nas quais participantes de organizadores descumpriram o decreto estadual que proíbe a realização de festas e eventos que promovam aglomerações.

O comandante geral da Polícia Militar da Paraíba, Coronel Euller Chaves, criticou a realização de eventos e classificou essas ocorrências como falta de consciência coletiva diante da atual crise sanitária de nível global. Ele garantiu que para o período do réveillon, as ações serão ainda mais intensificadas.

– O contexto de réveillon será mais trabalhado, do ponto de vista de uma maior estrutura. Teremos um efetivo de 1.00 policiais empregados em todo o estado, utilizaremos base móveis de monitoramento, drones, todas as tropas e comandos especializados orientados a fazer cumprir o decreto governamental – afirmou o comandante.

O Coronel Euller fez um apelo à população para que possam compreender o momento atual e contribuir com as ações da polícia, que visam proteger a saúde dos cidadão da Paraíba. “O que está em jogo são vidas humanas e as vidas precisam se preservadas. A Polícia Militar pede, de forma preventiva, que a as pessoas respeitem o decreto, mas se não respeitarem tomaremos as medidas cabíveis que a lei nos permite adotar.

Em relação a festa particulares, o comandante geral da PMPB não descartou o uso do Serviço de Inteligência para observar, acompanhar e monitorar esses eventos e, se houver necessidade, realizar abordagens. “Nós esperamos que as pessoas respeitem, porém, não respeitando, iremos tomar as medidas cabíveis legais”, garantiu o comandante.

NATAL

Durante o período do Natal, a polícia apreendeu 53 motocicletas e notificou 22, além da apreensão de 26 armas de fogo.

 

PB Agora

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe