O carroceiro Gilvandro Batista de Freitas Júnior, 34 anos, foi assassinado com seis disparos de arma de fogo por volta das 15 horas desta quinta-feira (12), na comunidade Vila do Tanque, bairro da Ilha do Bispo, município de Bayeux.

Gilvandro foi surpreendido por um homem não identificado, que efetuou os disparos contra a vítima sem nada dizer. Segundo informações de profissionais do Departamento de Medicina Legal (DML), os disparos atingiram a cabeça, costas e abdômen da vítima, que não resistiu aos ferimentos e teve morte imediata.

A mãe de Gilvandro esteve na cena do crime e informou à Polícia que o filho tinha envolvimento com drogas, razão pela qual os militares acreditam que o crime se tratou de um acerto de contas.

No local o que prevalece é a lei do silêncio.

Thiago Moraes

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Igreja evangélica é arrombada e criminosos levam mais de R$ 15 mil em eletroeletrônicos

Nessa segunda-feira, 30, uma igreja evangélica foi arrombada no município de Cabedelo, litoral paraibano. Segundo as informações  os criminosos quebraram uma janela na parte de trás da igreja e invadiram…

Bombeiros socorrem vítima de explosão de botijão de gás, na capital

O Corpo de Bombeiros foi acionado na noite de ontem (31), para verificar uma ocorrência de vazamento em um botijão de gás que causou uma explosão, deixando uma pessoa ferida,…