Por pbagora.com.br

Um brasileiro de 27 anos identificado como Rodrigo Martin se entregou à polícia da cidade de Choisy-le-Roi, na França , na noite do último sábado (26) após passar um dia foragido por suspeita de matar a esposa, também brasileira, identificada como Franciele Alves.

O casal, que morava na cidade com dois filhos, de 2 e 4 anos, é natural do município de Paiçandu, no Paraná, e vivia ilegalmente na França há cerca de dois anos. A vítima, de 29 anos, foi encontrada no apartamento em que morava com uma faca cravada no corpo.

A polícia chegou até o local pelo chamado de uma vizinha, que ouviu um barulho de discussão no apartamento. Após cometer o crime, Rodrigo saiu do local levando os dois filhos e os deixou na casa do chefe, a menos de um quilômetro de onde morava, antes de fugir.

As crianças estão sob cuidados do governo francês. Além das condições nas quais o corpo de Franciele foi encontrado, mensagens trocadas entre a vítima e parentes antes de morrer levantaram suspeitas de que Rodrigo fosse culpado pelo assassinato.

Poucas semanas antes do crime, Franciele teria contado a amigos que tinha problemas no relacionamento e que esperava uma mudança por parte do companheiro. Agora, os familiares buscam uma forma de arrecadar dinheiro para repatriar o corpo da vítima e trazer as crianças de volta ao Brasil.

Não há informações sobre a pena de Rodrigo.

Painel Político

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Foragido da justiça por roubo é recapturado pela PRF na Paraíba

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) na Paraíba prendeu, na noite do último sábado (17), em João Pessoa, um homem foragido da justiça pelo crime de roubo. A equipe policial abordou…

PRF recupera duas motocicletas clonadas em ocorrências na PB

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) na Paraíba recuperou, no último final de semana, duas motocicletas clonadas em ocorrências nas cidades de Patos e João Pessoa. A primeira fiscalização ocorreu na…