A gangue da “marcha ré” voltou a agir em Campina Grande. Os bandidos usaram um carro para arrombar uma loja de roupas na cidade. O crime aconteceu na madrugada deste sábado (12), e segundo a Polícia Civil, o veículo usado para arrombar o estabelecimento teria sido roubado minutos antes, em Lagoa Seca. O dono da loja é o presidente da Câmara de Dirigente Lojistas, o empresário Arthur Bolinha.

A loja fica localizada na Rua Cardoso Vieira, no Centro da cidade. O grupo conseguiu entrar no local arrombando a porta principal com um carro em marcha ré, por volta das 3h.

De acordo a polícia, o bando não conseguiu roubar muitas mercadorias. Segundo ele, os suspeitos fugiram do local quando perceberam que estavam sendo filmados.
Já o dono do local, informou que pelo depoimento de um segurança que trabalha na rua, a ação dentro da loja durou cerca de um minuto. Quando os suspeitos conseguiram entrar, o alarme do estabelecimento já estava tocando há vários minutos e que isso teria os assustado.

Após o assalto, pelo menos três suspeitos que participaram da ação, fugiram do local. Até as 8h deste sábado nenhum deles havia sido detido.

Redação

Total
2
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Após deputados, delegado da PF também tem celular clonado na Paraíba

O delegado Fabiano Emídio, da Polícia Federal, teve seu celular clonado, segundo postagem feita por ele mesmo na internet. Emídio usou seu perfil nas redes sociais para informar que seu…

Briga em bar termina com homem baleado na cabeça em Santa Rita

Na noite deste sábado (14),um homem ficou gravemente ferido após uma briga de bar no bairro de Tibiri II, em Santa Rita, região metropolitana de João Pessoa. De acordo com…