A Paraíba o tempo todo  |

Após confirmar sequestro de aluno do Geo em João Pessoa, polícia volta atrás e já admite ter havido golpe

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

Após confirmar o seqüestro de um garoto de apenas 14 anos, estudante do colégio Geo, em João Pessoa, e garantir que o mesmo estaria sendo ouvido na 3ª Delegacia Distrital, na Epitácio Pessoa, a Polícia mudou a versão do caso, disse que tudo não passou de um golpe e que o fato havia sido registrado na 12ª Delegacia Distrital, em Manaíra.

As primeiras informações davam conta de que o menor foi raptado quando deixava o colégio. Os bandidos ligaram para os pais da vítima, informaram sobre o seqüestro e em seguida pediram a quantia de R$ 1 mil como resgate. A quantia foi transferida na agência da Caixa Econômica Federal, na Epitácio Pessoa, para uma conta fornecida pelos bandidos.

Bastante abalada com o susto, a família do garoto supostamente sequestrado preferiu não registrar queixa.

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe