O homem preso por suspeita de ter esfaqueado um um casal de vizinhos no bairro do Bessa, em João Pessoa, após passar por audiência de custódia, na tarde desta segunda-feira (8), foi encaminhado para o Instituto de Psiquiatria Forense (IPF).

O crime aconteceu na noite do domingo (7), quando o suspeito foi até o apartamento do casal e quando a mulher abriu a porta, ele a esfaqueou. Em seguida, o marido dela saiu, entrou em luta corporal com o vizinho, mas acabou também sendo esfaqueado.

Após ser detido em flagrante por policiais, o suspeito afirmou que estava em casa quando um oficial de Justiça foi até a casa dele para entregar uma medida protetiva por conta de agressões que ele teria praticado contra a mãe. Logo em seguida, o acusado disse que ‘surtou’, pegou um canivete e foi até a casa dos vizinhos, os esfaqueou, mas que não sabe por qual motivo teve essa atitude.

Segundo o juiz Adilson Fabrício, diretor do Fórum e magistrado que conduziu a audiência, o suspeito apresenta um histórico de distúrbios mentais, desta forma, o homem foi encaminhado para um instituto psiquiátrico, e não para um presídio comum.

Ainda de acordo com o magistrado, enquanto estiver internado, o suspeito  passará por um exames com psicólogos e psiquiatras. O juiz estabeleceu o prazo de 45 dias para realização da avaliação.

VÍTIMAS

As vítimas foram socorridas para o Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa e, de acordo com a unidade hospitalar, o homem, de 31 anos, foi ferido na região do pescoço, mas logo recebeu alta, enquanto que a esposa dele, de 32 anos, passou por cirurgia. Até as 17h desta segunda-feira (8), ela continuava internada, com um estado de saúde considerado estável.

 

PB Agora

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Adolescente suspeito de atirar em estudante dentro de escola em JP é detido

O adolescente de 14 anos suspeito de ter atirado na cabeça de um estudante da mesma idade foi apreendido no final da manhã desta terça-feira (19). O ato infracional foi…

Pai e filho são detidos após perseguição policial no Sertão

A Polícia Militar apreendeu duas armas de fogo e munições, prendeu um apenado do sistema prisional, que estava com tornozeleira eletrônica, e que respondia pelos crimes de triplo homicídio e…