Ary Muniz da Silva, de 39 anos. Esse nome, segundo a polícia pertence a um dos integrantes da quadrilha de assaltantes de bancos que foi resgatada no ataque ao Presidio PB1, no ano passado, em João Pessoa. Ele foi recapturado durante a Operação Renascer, realizada pela PM na cidade de Várzea, nessa quarta-feira (17), no Sertão da Paraíba.

Policiais realizavam uma blitz da operação quando o carro, com placa de Caruraru, que o suspeito dirigia foi aborado. Ele se identificou por outro nome, mas acabou sendo reconhecido pelos policiais militares como um dos foragidos do PB1.

Ainda segundo a polícia, Ary integra o bando que motivou o ataque ao presídio. Pesa contra ele um extensa ficha criminal. O acusado já foi preso praticando crimes também nos Estados do Rio Grande do Norte, Minas Gerais e São Paulo. Ele teria atuação em roubos a bancos, carros-fortes, estabelecimentos comerciais, carros e até homicídios.

Ary Muniz é o 68º preso do PB1 recapturado, desde setembro do ano passado. Ele foi apresentado na Polícia Federal, em Cabedelo, na região metropolitana de João Pessoa.

 

PB Agora

 

 


Saiba mais sobre Certificação Digital no Portal Juristas. Adquira seu certificado digital E-CPF ou E-CNPJ com a Juristas Certificação Digital. Entre em contato através do WhatsApp (83) 9 93826000

 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Polícia desarticula esquema de tráfico de drogas em Santa Rita

A Polícia Militar desarticulou um esquema de tráfico de drogas, nessa segunda-feira (1º), com a apreensão de dinheiro, 27 trouxas de maconha, sete pedras de crack, balanças de precisão e…

Tentativa de ultrapassagem em Santa Rita resulta em sete pessoas feridas

Um acidente grave ocorreu na noite de ontem (01), na cidade de Santa Rita, quando um veículo tentou fazer uma ultrapassagem, que resultou em sete pessoas feridas. O caso foi…