Após investigação da Gerência de Planejamento e Inteligência (Geplasi) da Secretaria de Administração Penitenciária (Seap), os agentes do presídio de segurança máxima Geraldo Beltrão, em Mangabeira, Zona Sul de João Pessoa, encontraram na cela 6 da unidade, dois aparelhos de telefone celular do tipo tablets smartphones, que acessam internet e custam mais caro no mercado. Os equipamentos estavam escondidos entre folhas recortadas de um livro.

 

Além dos telefones, ainda foram apreendidos quatro carregadores para celular e cinco pequenos instrumentos de corte semelhantes a espetos, fabricados manualmente.

 

O dono do aparelho celular é o detendo Edilson da Silva Barbosa, de 28 anos, que cumpre pena por tráfico de entorpecente, conforme artigo 33, e roubo, segundo artigo 157, com condenação de 12 anos e 9 meses de detenção. A forma como esses objetos entraram no local ainda é apurada mediante sindicância. Em outras operações, já haviam sido flagrados celulares dentro de livros cristãos.

 

O secretário de Administração penitenciária, Wallber Virgolino, salientou que o sucesso das operações da Seap nas prisionais ocorre devido à rticulação da Geplasi com outras instituições, “além de um trabalho de inteligência que antecipa a ação no interior das celas e especialmente, por conta do empenho dos agentes penitenciários e da direção das unidades”.

 

O diretor da unidade, João Rosas, falou que a apreensão se deu por meio do serviço de inteligência da Seap, com a participação dos próprios agentes penitenciários da unidade, de acordo com determinação do Secretário Wallber Virgolino que ordenou o aumento na frequência das revistas, com a finalidade de sufocar o crime organizado e retirar os objetos ilícitos que estejam em circulação nas unidades prisionais”.

Redação com Assessoria

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Polícias apreendem adolescentes suspeitos de latrocínio no Sertão

As polícias Civil e Militar da Paraíba, na região de Catolé do Rocha, Sertão do Estado, apreenderam, em menos de 24 horas após o crime, os autores do latrocínio de…

PM de Guarabira participa de aniversário de criança que sonha em ser policial

Um menino que sonha ser policial militar teve uma festa de aniversário com presença especiais, nesse sábado (14). No bairro Alto da Boa Vista, em Guarabira, Deyson comemorou os 12…