Por pbagora.com.br

Um advogado de 54 anos de idade foi preso, na manhã desta quinta-feira (21), pela Polícia Civil da Paraíba suspeito de praticar violência doméstica. O caso foi registrado na Delegacia de Atendimento à Mulher da Zona Norte de João Pessoa (Deam Norte). O homem teve a prisão preventiva decretada após descumprir uma medida protetiva.

Segundo informações da delegada Amindonzele Carneiro, o advogado é natural de Campina Grande, mas tem endereço fixo na cidade de Porto Velho, no Estado de Rondônia.  No entanto, se deslocou até João Pessoa com objetivo de perseguir e ameaçar a ex-mulher.

“O casal morava em Roraima, mas a mulher decidiu se separar e vir para João Pessoa. O acusado veio atrás dela e começou a praticar perseguições, difamações e ameaças de morte contra ela”, explicou a delegada.

A vítima procurou a Polícia Civil e formalizou a denúncia. Ela pediu e recebeu uma medida protetiva. Apesar disso, o agressor permaneceu fazendo as perseguições e ameaças. “A Polícia Civil foi informada dessa situação e pediu ao judiciário a decretação da prisão preventiva, que foi realizada hoje por nossas equipes”, acrescentou.

O preso será encaminhado ao Sistema Prisional.

PB Agora

Notícias relacionadas

Homem morre e outro fica ferido após moto bater em viatura da PM em CG

Após tentar fugir de uma perseguição policial, um homem morreu e outro ficou gravemente após baterem uma moto em uma viatura da Polícia Militar. O acidente aconteceu nas imediações do…

Duas pessoas sofrem tentativa de homicídio no Cristo Redentor, em João Pessoa

Por pouco dois homens não foram assassinados em João Pessoa na noite desta sexta-feira (26). Eles foram vítimas de uma tentativa de homicídio praticada por dois adolescentes menores de 18…