A Paraíba o tempo todo  |
PUBLICIDADE

Advogado de defesa do Padre Egídio, Sheyner Asfora deixa o caso; confira nota

Em comunicado à imprensa divulgado na tarde desta terça-feira (21), o advogado Sheyner Asfóra deixou a defesa do Padre Egídio, suspeito de liderar um suposto esquema de desvio de dinheiro do Hospital Padre Zé, em João Pessoa.

Asfóra disse que renunciou “os poderes que me foram outorgados por razões de incompatibilidade de estilo com relação a atuação adotada pelos colegas advogados que continuarão no patrocínio dos interesses do até então constituinte”.

O Padre Egídio foi preso na última sexta-feira (17). Ele é acusado de usar a verba do Hospital para adquirir imóveis de luxo, vinhos, carros, entre outros. Duas ex-diretoras do Padre Zé também foram presas.

Confira a nota:

COMUNICADO À IMPRENSA

Informo à imprensa que não mais patrocino a defesa do padre Egídio de Carvalho Neto, uma vez que renunciei os poderes que me foram outorgados por razões de incompatibilidade de estilo com relação a atuação adotada pelos colegas advogados que continuarão no patrocínio dos interesses do até então constituinte.

Assim, por questão de justiça e reconhecimento, registro, nesta oportunidade, o meu agradecimento ao padre Egídio pela confiança depositada em meu trabalho profissional que exerci com ética, boa técnica, zelo e dedicação, atributos esses que tenho honra e orgulho de serem os condutores da minha trajetória de mais de 20 anos de exercício da advocacia criminal.

Esclareço, ainda, que exerci o meu dever de comunicação desta minha decisão pessoalmente ao padre Egídio de Carvalho Neto e, por conseguinte, protocolei a petição de renúncia nos autos do processo que tramita perante o Poder Judiciário paraibano.

Dessa forma, em estrita observância ao Código de Ética e Disciplina da OAB, declaro que não mais irei me pronunciar sobre o presente caso objeto deste comunicado de renúncia.

João Pessoa/PB, 21 de novembro de 2023

SHEYNER ASFÓRA

OAB/PB 11.590

 

PB Agora

    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe
      PUBLICIDADE
      ×