Por pbagora.com.br

 Um garoto de 12 anos foi assassinado a pedradas e pauladas na tarde desta quinta-feira (22), na zona rural da cidade de Soledade, no Agreste do estado a 186 km de João Pessoa. O suspeito do crime é um adolescente de 16 anos, que foi detido pela Polícia Militar após quase ser linchado pela população.

 

Segundo a Polícia Militar local, o menor teria saído de casa para encontrar com a irmã quando foi abordado pelo adolescente em uma estrada de barro que dá acesso a um assentamento. O suspeito do crime jogou várias pedras contra o garoto e o espancou com um pedaço de madeira.

 

Perto do corpo foram encontradas pedras grandes sujas de sangue. De acordo com o major Sérgio Fonseca, comandante do 10º Batalhão de Polícia Militar, após o crime, a população enfurecida tentou linchar o adolescente.

 

“Chegamos rápido e evitamos que ele fosse linchado pela população. O adolescente foi levado para a Delegacia de Polícia Civil de Soledade, mas devido o clima de tensão e a aglomeração que se formou no local, o suspeito do crime foi transferido para Campina Grande”, comentou o major.

 

Durante depoimento, o adolescente confessou o crime e disse que não tinha nenhuma rixa contra a vítima. “Ele disse que deu um branco na hora e matou o menino. O menor falou que não tinha nenhuma divergência com a vítima. Mas, que não se lembra de nada”, disse o major.

 

O corpo do garoto foi levado para o Núcleo de Medicina e Odontologia Legal de Campina Grande.

Redação com Correio

Notícias relacionadas

Ponto de venda de drogas no Litoral Norte da Paraíba é desarticulado

A Polícia Militar desarticulou um ponto de venda de drogas que funcionava em uma casa, na cidade de Baía da Traição, no Litoral Norte da Paraíba. Na ação, que foi…

Homem é assassinado a tiros e pedradas no bairro Popular, em Santa Rita

Um homem foi morto a tiros e pedradas ontem (12), no bairro Popular, na cidade de Santa Rita, na Grande João Pessoa. De acordo com a perícia, a vítima foi…