Mesmo com uma placa com letras garrafais, incentivando os pedestres a utilizarem a passarela para atravessarem a rodovia, eles ainda desobedecem as leis do Código de Trânsito Brasileiro e preferem arriscar suas vidas atravessando as BRs por baixo das passarelas. Segundo informações da Polícia Rodoviária Federal, cerca de 70% dos atropelamentos ocorridos nas estradas federais acontecem pelo não uso das passarelas.

 

A PRF também informou que o Código de Trânsito prevê penalidade para quem atravessa uma BR por baixo de uma passarela, mas até agora esta multa nunca foi aplicada a um pedestre. Os locais onde mais ocorrem atropelamentos próximos às passarelas instaladas nas rodovias paraibanas são nas BR-230 (em Bayeux e Santa Rita), e BR-101, nas proximidades da Gauchinha, conforme levantamento do Núcleo de Comunicação da PRF-PB.

 

O aviso "Pedestre utilize a Passarela" foi colocado praticamente embaixo da passarela que fica na BR-230, em frente ao Centro Administrativo Municipal, em Água Fria. No entanto, a maioria das pessoas que vão à localidade diariamente parece ignorar o aviso e arrisca as próprias vidas enfrentando o trânsito ao atravessar a rodovia por baixo da passarela.

 

Para os pedestres, a travessia pelas passarelas também são perigosas porque eles muitas vezes dividem o espaço com motociclistas. Às vezes, segundo os próprios usuários, a travessia fica complicada quando os motociclistas aceleram suas motos transitando em alta velocidade, provocando medo entre as pessoas que estão caminhando pela passarela. Os motociclistas que utilizam as passarelas estão sujeitos a infração de trânsito gravíssima, cuja multa é de R$ 574,62, e podem perder sete pontos na Carteira de Habilitação.

 

 

 

Redação

 


Leia mais notícias sobre o mundo jurídico no Portal Juristas. Adquira seu certificado digital E-CPF ou E-CNPJ com a Juristas. Entre em contato através do WhatsApp (83) 9 93826000

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Homens agridem jovem com pedaços de madeira durante assalto na capital

A policia investiga uma caso onde seis homens agrediram um jovem, na noite de ontem (16), no bairro do José Américo, em João Pessoa. A vítima de 19 anos, informou…

Gangue da ‘marcha à ré’ volta a atacar loja em Campina; PM prende 5 suspeitos

A gangue da ‘marcha à ré’ voltou a atacar e invadiu em menos de oito dias a loja Rutra, no centro de Campina Grande. O fato ocorreu na madrugada desta…