Por pbagora.com.br

Uma petição, protocolada por quatro viúvas de ex-governadores da Paraíba junto à ministra Cármen Lúcia, do Supremo Tribunal Federal (STF), pede a manutenção do pagamento de aposentadoria.

São elas: Marlene Muniz Terceiro Neto, Maria da Glória Rodrigues da Cunha Lima, Glauce Maria Navarro Burity e Mirtes de Almeida Bichara Sobreira.

O pedido ao STF ocorre após o desembargador Oswaldo Trigueiro do Valle Filho, do Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB), determinar em caráter de liminar, na semana passada, o pagamento de pensões para as viúvas, que estava suspenso desde junho deste ano.

Já o governador João Azevêdo solicitou, também na semana passada uma cautelar que possa suspender tal decisão, para que sejam preservados “os princípios constitucionais elementares do Estado Democrático de Direito, como o Princípio Republicano, o Princípio Democrático e o Princípio da Isonomia”.

Já em sua argumentação as viúvas alegam que “o fato de que o processo, via reflexa, interfere na vida de inúmeras pessoas, muitas delas idosas, octogenárias, como que se mostram incapacitadas para a reinserção no mercado de trabalho e sem outra fonte de renda para a própria subsistência” e complementam:

“Suprimir, nesta altura da vida, a vantagem que estas e outras beneficiárias percebem, como dito alhures, além de caracterizar nítida afronta ao postulado da segurança jurídica, revela a desconsideração de toda a principiologia de proteção à pessoa idosa, a qual, na Constituição Federal, tem valor axiológico importante.”

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Após show com aglomeração, MPF pede explicações a prefeito paraibano

Após o prefeito de São João do Tigre, Célio Barbosa, ter permitido um show na cidade para comemorar a eleição do candidato apoiado por ele nas eleições deste ano, o…

MPPB vai investigar crime de propagação da covid em show na PB

Ministério Público da Paraíba instaurou, nesta segunda-feira (23/11), um procedimento investigatório criminal (PIC) para apurar a suposta propagação de doença contagiosa, crime previsto no artigo 268 do Código Penal, pelo…