Por pbagora.com.br

O ministro do Tribunal de Contas da União (TCU) Vital do Rêgo foi denunciado por corrupção e lavagem de dinheiro pela força-tarefa da Operação Lava Jato. Ele teve R$ 4 milhões em bens bloqueados em uma nova fase da operação, deflagrada na manhã desta terça-feira (25).

Vital do Rego é investigado pelo recebimento de propina pela OAS enquanto era presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Petrobras no Senado, em 2014. Segundo o Ministério Público Federal (MPF), a propina foi paga pela OAS.

Segundo a denúncia do MPF, Vital do Rêgo recebeu R$ 3 milhões de Leo Pinheiro, então presidente da OAS, para que os executivos da empreiteira não fossem convocados para depor CPI.

As propinas, segundo a PF, foram pagas por de doações ao PMDB e por repasses a empresas sediadas na Paraíba.

PB Agora com G1

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Trens passam a circular com grade horária modificada, na Grande João Pessoa

A partir da próxima segunda-feira, 21, a CBTU João Pessoa disponibilizará nova grade horária com mais opções de viagens para os seus usuários.  Acompanhando a etapa de flexibilização do governo,…

Paraíba confirma 607 novos casos de Covid-19 em 24h; total de mortes chega a 2.684

A Paraíba registrou 607 novos casos de Covid-19 e 14 óbitos confirmados desde a última atualização, 05 deles ocorridos nas últimas 24h. De acordo com o boletim epidemiológico divulgado pela…