Por pbagora.com.br

O Departamento do Penitenciário Nacional (Depen) suspendeu por 30 dias, a contar desta quinta-feira (23), as visitas, os atendimentos de advogados, as atividades educacionais, de trabalho, as assistências religiosas e as escoltas realizadas nas penitenciárias federais, como forma de prevenção, controle e contenção de riscos do novo coronavírus (covid-19).

A medida não atinge os casos de atendimentos de advogados, em decorrência de necessidades urgentes ou que envolvam prazos processuais não suspensos; as escoltas de requisições judiciais, inclusões emergenciais e daquelas que por sua natureza, precisam ser realizadas.

A portaria com a decisão está publicada no Diário Oficial da União de hoje e considera, entre outras ações, a situação do emprego urgente de medidas de prevenção, controle e contenção de riscos, danos e agravos à saúde dos servidores, colaboradores e presos, enfim, a proteção de todos, a fim de evitar a disseminação da doença no âmbito das penitenciárias federais.

O documento diz ainda que o Sistema Penitenciário Federal já elaborou o procedimento operacional padrão de medidas de controle e prevenção da doença, devido a necessidade de se estabelecer um plano de resposta e também padronizar ações e medidas de controle e prevenção nas penitenciárias federais.

A portaria determina também que as penitenciárias deverão adotar as providências necessárias de modo a promover o máximo isolamento dos presos maiores de 60 anos ou com doenças crônicas durante as movimentações internas nos estabelecimentos.


Agência Brasil

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

PCdoB só anunciará nova posição em JP se justiça retirar Anísio da disputa

Homologado candidato a vice na chapa do deputado estadual Anísio Maia, do PT, o empresário Percival Henriques, do PCdoB, anunciou, na tarde desta sexta-feira (18), que seu partido só irá…

Advogados de Coriolano pedem ao TJPB investigação de supostos ilícitos cometidos pelo Gaeco; veja documento

Os advogados Ademar Rigueira Neto, Francisco de Assis Leitão, Filipe Oliveira de Melo, representantes de Coriolano Coutinho, ex-superintendente da Autarquia Especial Municipal de Limpeza Urbana (Emlur) de João Pessoa, protocolaram…