A Paraíba o tempo todo  |

Vereador sugere criação de hospital de campanha no Centro de Convenções de JP

O vereador Marmuthe Cavalcanti (PSL) apresentou um requerimento sugerindo ao Governo da Paraíba que o Centro de Convenções Poeta Ronaldo Cunha Lima seja utilizado como um novo hospital de campanha contra o novo coronavírus (Covid-19). O parlamentar anunciou o pedido em pronunciamento, durante a sessão ordinária remota desta manhã de quinta-feira (18), na Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP).

“Apresentei um requerimento hoje cobrando e sugerindo que o Governo do Estado utilize o Centro de Convenções como um novo hospital de campanha. Pela estrutura que já se tem lá, haverá economia nos gastos públicos. É um local que está abandonado, impedido de realizar atividades no Turismo devido à pandemia. As dimensões e condições de acessibilidade daquele complexo são favoráveis a essa ideia”, justificou o parlamentar.

Na oportunidade, Marmuthe Cavalcanti pregou a união da classe política a favor da superação da pandemia. “Observo colegas criticando o decreto do governo estadual, mas o que me deixa surpreso é que há uma tentativa sistemática de querer punir e culpar apenas o Governo da Paraíba, esquecendo que os governos estadual e municipal são aliados. Que se contratem mais profissionais de saúde, pois é preciso investir maciçamente em nosso sistema de saúde. É preciso a união de todos pela saúde. Não adianta ficarmos procurando discórdia. É hora de união em prol da saúde. Que possamos salvar vidas”, desejou o vereador.

PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe