Por pbagora.com.br

Fugindo da crise política da Venezuela, diversas famílias migraram para o Brasil e chegaram a João Pessoa. Só que as condições encontradas por alguns dos refugiados não foi a das melhores. Famílias de refugiados venezuelanos foram encontradas desidratadas e em estado de subnutrição, em João Pessoa, após uma denúncia anônima feita ao Corpo de Bombeiros na tarde desta terça-feira (11). Adultos e crianças estão morando em uma vila no bairro do Roger e, segundo os bombeiros, estavam passando mal.

De acordo com o médico do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), Luiz Viera, que estava junto às equipes do bombeiros e outros médicos do Samu examinando as crianças, a situação é preocupante. O médico explica que elas correm risco de vida.

Um dos venezuelanos moradores da vila estava com uma criança doente. Na casa dele tinha apenas farinha de trigo para comer. Apesar disso, ele rejeitou que a criança fosse levada a um hospital. Um outro morador explicou que eles pagam R$ 400 de aluguel, mas, como não conseguem trabalhar, dependem do dinheiro que pedem na ruas e não conseguem suprir as necessidades.

Redação

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Veneziano homenageia João Pessoa pelo aniversário de 435 anos

O Senador Veneziano Vital do Rêgo (PSB/PB) parabenizou João Pessoa pelo seu aniversário de 435 anos, comemorados nesta quarta-feira (05). Em sua homenagem, realizada por meio de um vídeo publicado…

TSE estuda estender votação em ao menos 1h e reservar horário para idosos

O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) estuda aumentar o horário de votação em uma hora para as eleições municipais deste ano e reservar o início do período, das 8h às 11h,…