O senador Veneziano Vital do Rêgo (PSB/PB), afirmou em entrevista em Campina Grande, que as denúncias feitas pelo ex Ministro da Justiça, o ex-juiz Sergio Moro,são extremamente delicadas e precisam ser apreciadas pelo Supremo Tribunal Federal. Ao anunciar a saída do governo, o ex ministro acusou o presidente Jair Bolsonaro de tentar interferir nas decisões da Polícia Federal.

– As acusações que foram feitas são extremamente delicadas e precisam ser apreciadas pelo Supremo Tribunal Federal – enfatizou Veneziano.

Ele entende que o próprio Congresso Nacional deve se debruçar sobre o assunto.
Veneziano disse que o episódio da saída de Moro, é mais um registrado no governo de Jair Bolsonaro, e que tem como causa maior, o próprio presidente, desde os primeiros dias do governo. A sequência de episódios desastrosos no governo de Bolsonaro, tem segundo Veneziano, criado um clima de instabilidade no País.

“Esses episódios que são gerados não de hoje, mas desde os primeiros momento que o presidente Jair Bolsonaro assumiu de instabilidade, tem como causa maior, o próprio presidente. A sua pouca capacidade ou plena incapacidade de articular, de criar laços e permanecer institucionalmente, a altura que exige o cargo de Presidente da República” destacou Veneziano

Para o senador, as acusações do ex ministro Sérgio Moro precisam ser apreciadas pelo STF e até pelo Congresso Nacional

Severino Lopes
PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Inmet alerta 105 cidades da Paraíba por acúmulo de chuvas

Nesta segunda-feira (25), o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu um novo alerta para 105 cidades paraibanas com grau de severidade Perigo Potencial pelo acúmulo de chuvas. O comunicado é válido até…

Covid-19: Paraíba ultrapassa 8 mil casos; 2.200 já se curaram da doença

O Governo da Paraíba, através da Secretaria de Estado da Saúde (SES), divulgou no final da tarde desta segunda-feira (25) um novo boletim epidemiológico do novo coronavírus (Covid-19). Segundo o…