Por pbagora.com.br

O senador Veneziano Vital do Rêgo (PSB/PB), afirmou em entrevista em Campina Grande, que as denúncias feitas pelo ex Ministro da Justiça, o ex-juiz Sergio Moro,são extremamente delicadas e precisam ser apreciadas pelo Supremo Tribunal Federal. Ao anunciar a saída do governo, o ex ministro acusou o presidente Jair Bolsonaro de tentar interferir nas decisões da Polícia Federal.

– As acusações que foram feitas são extremamente delicadas e precisam ser apreciadas pelo Supremo Tribunal Federal – enfatizou Veneziano.

Ele entende que o próprio Congresso Nacional deve se debruçar sobre o assunto.
Veneziano disse que o episódio da saída de Moro, é mais um registrado no governo de Jair Bolsonaro, e que tem como causa maior, o próprio presidente, desde os primeiros dias do governo. A sequência de episódios desastrosos no governo de Bolsonaro, tem segundo Veneziano, criado um clima de instabilidade no País.

“Esses episódios que são gerados não de hoje, mas desde os primeiros momento que o presidente Jair Bolsonaro assumiu de instabilidade, tem como causa maior, o próprio presidente. A sua pouca capacidade ou plena incapacidade de articular, de criar laços e permanecer institucionalmente, a altura que exige o cargo de Presidente da República” destacou Veneziano

Para o senador, as acusações do ex ministro Sérgio Moro precisam ser apreciadas pelo STF e até pelo Congresso Nacional

Severino Lopes
PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Advogado de Tyrone destaca que cliente ainda pode concorrer às eleições em Sousa

O imbróglio envolvendo a pendenga jurídica do prefeito de Sousa, Fábio Tyrone, do Cidadania, ganhou um novo capítulo nesta quarta-feira (28) após o advogado Johnson Abrantes, que representa a defesa…

Dia do Servidor Público: veja repartições públicas da Paraíba que fecham nesta 4ª

O feriado do Dia do Servidor Público é comemorado no dia 28 de outubro, mas será transferido, em alguns órgãos públicos da Paraíba, para a sexta-feira (30). Confira a lista…