O silêncio do cemitério quebrado pela ação dos vândalos. O lugar do último repouso, virou alvo da ação dos marginais que tem depredado túmulos e jazigos no cemitério Nossa Senhora do Carmo no bairro do Monte Santo em Campina Grande, o maior da cidade.

Familiares e visitantes do cemitério do bairro do Monte Santo, estão denunciando furtos frequentes de peças e acessórios dos túmulos e até assaltos a mão armada no local. Em um dos casos, bandidos renderam pessoas que estavam acompanhando um enterro.

Nos túmulos as peças que são furtadas geralmente são feitas de cobre e bronze. São argolas, puxadores, letreiros e até imagens. Em um dos casos, criminosos serraram os braços de uma imagem de Jesus Cristo crucificado.

O administrador do cemitério, José Fernando, disse que a segurança no local é feita por dois vigilantes, mas, como o local é muito grande, eles não conseguem dar contar de todo o espaço. A Polícia Militar também faz rondas, porém apenas na ao redor do cemitério.

No ano passado os vândalos depredaram m e furtaram redomas de túmulos no mesmo Cemitério. A violência acaba alterando a rotina dos visitantes que mudam seu horário de visita para o período da manhã por acreditar ser mais seguro. E os trabalhadores seguem com medo.

PB Agora

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Governo lança Plano da Igualdade Racial da Paraíba nesta quarta-feira

O Governo do Estado lança, nesta quarta-feira (20) – Dia da Consciência Negra –, às 10h, no Salão Nobre do Palácio da Redenção, em João Pessoa, o Plano Estadual de…

Lei do estacionamento: juíza reconsidera decisão para preservar prerrogativas parlamentares

A juíza Flávia da Costa Lins Cavalcanti, titular da 1ª Vara da Fazenda Pública da Capital, reconsiderou parte da decisão no caso da Lei Estadual nº 11.504/2019, que dispõe sobre…