O Tribunal de Justiça da Paraíba decidiu, no final da tarde desta quarta-feira, por ampla maioria dos votos, derrubar a liminar concedida pelo juiz convocado Fábio Leandro, proibindo o Estado de cortar o ponto dos delegados de polícia em greve.

Durante a votação, o relator do processo, desembargador Manoel Monteiro, teve voto vencido pela ampla maioria dos colegas. Na prática, a corte acolheu o agravo interno do Estado da Paraíba, cassando os efeitos da liminar concedida pelo juiz convocado Fábio Leandro, nos autos de mandato de segurança impetrado pelos delegados de polícia contra atos dos secretários Eitel Santiago (Segurança e Defesa Social) e Gustavo Nogueira (Administração).

A partir da decisão do TJ nesta quarta-feira, o Governo do Estado está autorizado a aplicar o corte de ponto dos delegados que se ausentarem dos seus serviços.

 

PB Agora

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Bombeiros se mobilizam para encontrar banhista que desapareceu em Praia Bela

Uma verdadeira foi montada pelo Corpo de Bombeiros, já nas primeiras horas da manhã deste domingo (18), em busca de um banhista que desapareceu nas águas da Praia Bela, no…

Com fim do mandato de Dodge, Bolsonaro avalia indicações para PGR

O primeiro mandato de dois anos da procuradora-geral da República, Raquel Dodge, termina no dia 17 de setembro. A renovação do mandato de Dodge pelo mesmo período ou a escolha de um…