Por pbagora.com.br

Já está tudo pronto para e funcionamento do Banco de Olhos que funcionará no Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa e será responsável pela captação de córnea, transporte, avaliação, preservação, armazenamento e disponibilização do órgão para pacientes inscritos na lista de transplantes. Antes, a exceção da captação e transporte, todo o processo era feito nas capitais do Rio Grande do Norte ou de Pernambuco, o que dificultava e atrasava a doação.

Uma inspeção técnica do Ministério da Saúde liberou o funcionamento do Banco, que vai trabalhar em regime de plantão 24h com uma equipe especializada em córnea formada por dois oftalmologistas, um enfermeiro e três técnicos na área.
Segundo a coordenadora adjunta, Camila Melo Gadelha, o Banco de Olhos já conta com toda estrutura física necessária para o pleno funcionamento: câmara de fluxo laminar, equipamento utilizado para a manutenção e preservação da córnea captada, além de sistema de refrigeração capaz de manter a qualidade do armazenamento.

A captação pode ser feita em qualquer unidade da rede hospitalar de João Pessoa. O Banco de Olhos trata e preserva a córnea doada e disponibiliza para a Central de Transplantes.
Diferente dos múltiplos órgãos, a córnea por ser retirada do doador até seis horas depois do óbito. Por isso, acrescenta Camila Melo, o êxito do transplante tem grandes chances de se concretizar, basta apenas o gesto de solidariedade da família ao consentir a doação.


Vocação para salvar e transformar vidas

Por tratar de casos de alta complexidade oriundos de todas as regiões do Estado, o Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa é um centro de saúde com potencial para eventuais doações. “A partir de agora nosso Hospital vai cumprir mais uma missão social para qual está vocacionado: mudar a vida de muitas pessoas que hoje precisam apenas de um ato de amor”, lembra o diretor geral do hospital, José Carlos de Freitas Evangelista.
 

Ascom Trauma

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Homem sem máscara discute com fiscal na rodoviária de CG

Um momem sem máscara no terminal de Passageiros Argemiro de Figueiredo em Campina Grande, discutiu com fiscal após orientaçãos para o uso da máscara como forma de prevenir o contágio…

Clientes da Energisa podem parcelar contas vencidas em até 12 vezes pelo cartão de crédito

A partir desta semana, a Energisa oferece mais uma opção para ajudar os clientes a manterem as contas em dia: o parcelamento das contas atrasadas em até 12 vezes no…