Por pbagora.com.br

Com a chegada do mês de junho e das festas juninas, há uma preocupação com o aumento do número de vítimas de queimaduras devido à tradição das fogueiras e fogos de artifício. Para alertar a população para este fato e prevenir acidentes, o Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande vai realizar a 15ª Campanha de Prevenção de Queimaduras que terá como slogan: 'Quem brinca com fogo pode se queimar'.

A abertura da campanha será na terça-feira (29), às 9h, na escola IPEN com distribuição de gibis com dicas de como evitar e onde tratar as queimaduras. A mobilização, que segue até o dia 30 de junho tem como objetivo informar a sociedade quanto aos métodos de prevenção de acidentes com queimaduras, principalmente nesta época do ano onde se registra um aumento de acidentes com as brincadeiras juninas.

 

De acordo com a médica Isis Lacerda em época junina os acidentes com fogos e fogueiras tornam-se responsáveis por cerca de um terço dos atendimentos na Unidade de Queimados. A maior quantidade de queimaduras acontece nos dias 12, 23 e 28 de junho, respectivamente, vésperas dos dias de Santo Antônio, São João e São Pedro, quando o nordestino mantém a tradição de acender fogueiras e fogos de artifício.

Durante o mês de junho no ano passado, a Unidade de Queimados do Trauma-CG atendeu 25 pessoas com ferimentos causados por fogos e fogueiras, sendo, sendo 10 crianças e 15 adultos. Em 2016, foram 42 pessoas atendidas com ferimentos causados por fogos e fogueiras,  sendo 13 crianças e 29 adultos.

O Hospital de Emergência e Trauma é o único em Campina Grande que possui uma Unidade de Queimados com atendimento ambulatorial e hospitalar durante 24h atendendo à população do compartimento da Borborema. No setor para esse atendimento especializado, a instituição conta com uma equipe de seis cirurgiões plásticos, sete enfermeiros, sete técnicos de enfermagem, nutricionistas, psicólogos, assistentes sociais e fisioterapeutas. O telefone do hospital é o 3310-5850 – Ramal 5906.

A coordenação da Campanha orienta os pais a tomarem alguns cuidados para evitar que a festa termine em tragédia. Em caso de queimaduras, os pais devem evitar utilizar medicamentos sem consulta médica e, constatado o problema, o ideal é procurar imediatamente o Hospital de Trauma-CG.

Segundo os médicos, não deve ser aplicado creme dental, café, açúcar, vinagre ou outro produto similar, pois isso agrava o ferimento.
 

Redação

Notícias relacionadas

Em Cacimba de Dentro: Aguinaldo entrega ônibus e reforça parceria com gestão

A convite do prefeito Nelinho Costa, do Cidadania, o deputado federal Aguinaldo Ribeiro, do Progressistas, esteve, neste sábado (15), no município de Cacimba de Dentro para realizar a entrega de…

Vereadora lamenta determinação sobre vacinação de professores

Neste sábado (15), a vice-presidente da Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP), vereadora Eliza Virgínia (PP), lamentou a ação do Ministério Público da Paraíba (MPPB)que acionou a justiça para que…